Auxílio emergencial e Cibersegurança

Você já deve saber o que é o Auxílio Emergencial, certo?

Para aqueles que estão lendo e por ventura não saibam, o Senado aprovou no dia 30/03/2020 o pagamento de um auxílio emergencial no valor de R$ 600 a trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs). Este auxílio irá durar até três meses, podendo ser prorrogado.

 

E o que esse auxílio tem a ver com cibersegurança? Tudo!
Para o governo conseguir entregar os valores estipulados caso por caso, é necessária muita cautela na análise e verificação dos dados. Cruzar os dados informados é de extrema importância para nao haver erros, evitando por exemplo casos de pessoas que  deveriam receber o valor acabem por não receber devido algum erro no cruzamento de informações.

 

Além deste cruzamento de extrema importância para a segurança de quem receberá o auxílio, é necessária extrema atenção com os GOLPES CIBERNÉTICOS!
Infelizmente, criminosos se aproveitam do momento para tirar vantagem de outras pessoas através de mensagens de e-mail, whatsapp e sms, onde solicitam informações de cadastro para capturar  dados e praticar compras em seu nome e até mesmo roubo e extorsão.

 

É importante lembrarmos que a Caixa Econômica Federal ou qualquer outra instituição bancária, nunca solicitam informações pessoais via whatsapp ou email, sms, nem mesmo via telefone.
Caso tenha passado alguma informação por algum destes meios, procure o contato oficial no site da instituição e entre em contato imediatamente com o serviço para o qual supostamente você informou os dados, informando ter sido vítima de fraude, para que possam tomar as ações de acordo com a sua situação.

 

Fique atento, cada vez mais estes criminosos fazem parecer que o contato é real, mantenha sempre a calma e não haja por reflexo.
Utilize sempre um bom antivírus no seu computador e no seu celular, mantendo sempre atualizados e procure não acessar sites suspeitos, caso suepeite, saia imediatamente.